quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Cubas para banheiro

Cubas de apoio recebem esse nome por serem apoiadas sobre a bancada, ao invés de coladas na parte de baixo. São muitas vezes confundidas com as cubas de sobrepor, que também são apoiadas no tampo, porém com a diferença que as de apoio ficam inteiras na parte superior da bancada, enquanto as de sobrepor ficam com apenas uma borda saltada.


A altura da bancada precisa ser menor quando se usa uma cuba de apoio, pois o que importa é a altura da parte superior da cuba, que deve ficar a aproximadamente 85cm do chão. Uma certa variação é admitida, especialmente de acordo com a altura dos usuários, mas nunca ultrapassando os 90cm de altura ou ficando abaixo de 80cm. Para saber a altura final da bancada, então, basta definir essa medida e subtrair a altura da cuba escolhida.


As cubas de apoio podem ser de diversos tamanhos e formas, mas em geral agregam design diferenciado aos banheiros, e também leveza dependendo do desenho da peça.


Em bancadas com pouca profundidade, podem ser usados os modelos que têm base menor do que a parte superior, ficando assim com a ponta de cima para fora da bancada. É preciso tomar cuidado apenas para que a base fique inteiramente apoiada no tampo, com mais alguns centímetros de folga para não dar a sensação que ela vai cair para a frente.

MODELO E ALTURA DE TORNEIRA PARA CUBAS DE APOIO

O tipo de torneira indicada para ser usada com cubas de apoio, caso o ponto de fixação seja na bancada, são as chamadas “torneiras de bica alta”, que são mais compridas, com a água saindo de um ponto mais alto. O acionamento na parte superior da torneira, ao invés de na base, também é mais prático nesse caso, pois não fica escondido atrás da cuba, dificultando o acesso.


Se a cuba tiver furos para instalação da torneira na própria peça, as torneiras podem ser mais baixas, como se a cuba fosse de embutir, mas caso se queira um maior destaque é possível usar torneiras mais altas também.


Podem ser usadas também torneiras de parede, tomando o cuidado de deixar o ponto de saída da água de preferência a cerca de 10 a 15 cm acima do topo da cuba. O importante é que a água não saia muito do alto, para não espirrar para fora, mas que também não fique tão baixa a ponto de se ter que colocar a mão inteira dentro da cuba para enxaguá-la.


Photo Credits: Pinterest

Nenhum comentário:

Postar um comentário